Piercings



Os piercings são atualmente um item com uma vertente estética e de afirmação pessoal utilizado maioritariamente por jovens, em variadas regiões corporais, nomeadamente na cavidade oral, sendo as localizações mais observadas a língua, os lábios e a bochecha.

Riscos e complicações

Como complicações decorrentes da utilização de piercings podem ser salientadas:

  • Fratura e/ou desgaste de peças dentárias e danificação de restaurações existentes.
  • Lesões gengivais decorrentes do traumatismo mecânico (as zonas afetadas variam consoante a posição do piercing) e recessões gengivais quando o trauma é continuado.
  • Interferência com o normal funcionamento da cavidade oral, como salivação excessiva, dificuldades na fala, mastigação e deglutição, podendo mesmo originar dermatite de contacto devido a alergias ao metal.

Existem também diversos riscos relacionados com o procedimento da sua colocação, que podem ser divididos em imediatos e tardios. As complicações imediatas incluem dor, edema, hemorragia e reação inflamatória. As complicações tardias incluem alterações mais graves, como infeções decorrentes do elevado número de bactérias colonizadoras da cavidade oral; hemorragia prolongada principalmente quando o piercing é colocado na língua; transmissão de doenças tais como hepatites e SIDA, e infecções que podem levar a endocardite bacteriana, uma vez que a lesão causada pelo piercing proporciona uma porta de entrada de bactérias na corrente sanguínea. E especialmente por não estar garantido que existam condições de esterilização e desinfeção dos instrumentos e materiais utilizados.

De modo a evitar algumas das complicações enumeradas, no momento da colocação deverá haver um cuidado muito particular na verificação dos seguintes aspetos:

  • Existência de condições higiossanitárias adequadas.
  • Se o profissional desinfeta as mãos com líquido ou sabonete antisséptico e usa luvas de proteção adequadas.
  • Se usa instrumentos esterilizados e de utilização única (verificar se as agulhas estão em embalagens esterilizadas e são abertas na altura da utilização).

Alerta-se ainda para o fato de os únicos profissionais a poderem intervir na boca das pessoas são os médicos dentistas e os higienistas orais.


Fonte:

American Dental Association – Division of Communication, Oral Piercing and Health, 2001, JADA, Vol. 132.

Vieira EP, Ribeiro ALR, Pinheiro JJV, Alves SMA, Oral Piercings – Immediate and Late Complications, J Oral Maxillofac Surg, 2011, 69:3032-3037.

Plessas A, Pepelassi E, Dental and Periodontal complications of lip and tongue piercing: prevalence and influence factors, Australian Dental Journal, 2012, 57:71-78.

Dental Health Services Victoria. Protecting your mouth – all you need to know about mouth and tongue piercing. [online]. Available from: URL: https://www.dhsv.org.au/download/2d16e456/protecting-your-mouth-piercings.pdf







A plataforma RISO é uma Rede de Informação de Saúde com todas dicas, conselhos e respostas às dúvidas sobre os vários tópicos da saúde oral, seja nos bebés, nas crianças, nos adultos ou nos seniores! Sim, porque independentemente da nossa idade, todos podemos ter um sorriso perfeito!


Saber mais

> Vantagens CLUBE RISO
Compreendo e Autorizo - O seu "email" será utilizado unicamente para registo na newsletter do Clube Riso após obtermos o seu consentimento prévio e expresso, sendo tratado pela SERVESTEC, LDA. (adiante, “SERVESTEC”), com NIPC 514.946.580 e sede na Travessa de Santa Catarina, 8, 1200-403 Lisboa, a responsável pelo tratamento, a qual irá conservar este dado durante 5 anos ou até que se oponha ao envio de newsletters ou retire o consentimento que nos forneceu. O dado pessoal "email" é de preenchimento obrigatório para podermos enviar a newsletter, pelo que sem este dado não poderemos realizar o seu pedido, não sendo utilizado para nenhuma outra finalidade sem o seu consentimento prévio. Poderá exercer os seus direitos previstos na legislação (acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição, portabilidade) através de contacto escrito para o seguinte email geral@servestec.pt ou info@plataformariso.pt, sem prejuízo do direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo competente (www.cnpd.pt). A SERVESTEC poderá comunicar os dados pessoais identificados ao(s) seu(s) prestador(es) de serviços para cumprimento da finalidade descrita. Relembramos que poderá retirar o presente consentimento a qualquer momento. Saiba mais sobre a forma como os seus dados serão tratados AQUI ou através do email geral@servestec.pt.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao navegar no website dará consentimento à nossa política de cookies.

Ler mais
Aceito